Terreiro de Umbanda

Início » Terreiro de Umbanda

Muita gente ainda tem dúvidas sobre o terreiro de Umbanda e o tipo de trabalhos que nele se realizam. É bastante comum ter essas dúvidas, visto ser um tema pouco falado, principalmente na internet.

Decidimos convidar Sandra, uma Umbandista de nascença, a escrever este mesmo artigo. Aqui ela vai falar sobre coisas nunca faladas na internet, tal como das regras básicas dos terreiros, como tudo funciona e até mesmo como denunciar um.

São coisas simples, mas que apenas pessoas que vivem nesse mundo conseguem explicar. Portanto, acredito verdadeiramente que não vai encontrar melhor informação que essa em qualquer outro lugar.

Sem mais demoras, confira abaixo os relatos de toda a experiência de Sandra no mundo da Umbanda.

O que é um terreiro de Umbanda?

Dança em terreiro

Existem explicações muito complicadas para a definição de terreiro, mas a verdade é que podemos falar sobre o que é da maneira mais simples possível.

Um terreiro de Umbanda é um local seguro, preparado, assentado e firmado, para que entidades de Luz possam atuar em prol dos consulentes que procuram por ajuda espiritual e física.

É um local onde o trabalho é feito por caridade e pela caridade, onde não se cobra nada pelo atendimento.

Um local de paz, de harmonia, amor, onde todos que ali estão a trabalho, só tem, ou deveriam ter um pensamento, ajudar o próximo, ser integro e verdadeiro com suas entidades.

Não existem melhores palavras para descrever os terreiros.

Terreiro de Umbanda é a mesma coisa que Centro de Umbanda?

Sim, terreiro de Umbanda é a mesma coisa que centro de Umbanda e casa de Umbanda.

O nome não difere o trabalho, o que difere a forma de trabalho, é o tipo de Umbanda que se segue, que pode ser:

  • Umbanda Sagrada;
  • Umbanda mista;
  • Umbandomblé.

Enfim, o que difere é o tipo de doutrina que se pratica, e não o nome.

Porém o termo Centro é muito mais utilizado pelos kardecistas, que chamam de Centro Espirita, mas nós Umbandistas podemos sim usar o termo Centro de Umbanda, só não podemos usar o termo espiritas, porque este pertence ao Kardecismo. 

Tipos de trabalhos que se se fazem num terreiro de Umbanda

Trabalhos no terreiro de umbanda

Todo e qualquer trabalho voltado para o bem do próximo, nunca para atrapalhar ou prejudicar alguém.

Trabalhamos para a saúde, prosperidade, harmonia, amor, e pela conscientização dos consulentes com conselhos dados por todas as entidades, mas principalmente pelos Pretos Velhos e Caboclos.

A Umbanda faz uso da natureza para ajudar o próximo, então são ensinados banhos, chás, entregas para desmanchar um trabalho feito ou entregas para abrir os caminhos do consultente.

Não trabalhamos com amarrações amorosas ou fazemos o mal para alguém. A Umbanda não se presta a este tipo de trabalho, nossa função é ajudar aos que precisam de forma correta, dentro da Lei Maior.

Na Umbanda não há corte, ou seja, sacrifícios de animais, porém alguns terreiros de Umbanda que não é de Umbanda pura, fazem uso do sacrifício.

Regras básicas que se têm em um terreiro

A principal é a disciplina, se não houver disciplina, não haverá o restante.

Os filhos da casa que fazem parte da corrente mediúnica, precisam seguir as normas da casa que são ditadas pelo Pai e pela entidade responsável por aquele terreiro. 

Cada casa terá suas regras, mas as básicas são:

Respeitar o horário de trabalho, a espiritualidade tem hora para trabalhar.

Respeitar os Zeladores da Casa, se não concorda com o que é dito por eles, converse e se ainda assim não concordar, procure outra casa, mas não trabalhe em uma corrente em que não acredita mais ou que seu coração já não esteja mais la.

Organização no momento dos passes, respeitar a ordem de chegada de cada pessoa, e priorizar os que estão precisando de ajuda mais rápido, pois estão com dores ou dificuldades para se manter ali.

Limpeza, e aqui me refiro a duas, primeiro a limpeza do local, que precisa ser muito limpo, cheiroso, claro e harmônico, e segundo a limpeza dos médiuns, que precisam tomar seus banhos de proteção antes de irem trabalhar, manter suas roupas limpas e seus materiais de trabalho a mão, além de firmarem com velas a sua direita e esquerda.

No mais, concentração, amor no coração e vontade de ajudar o outro e não importa quem seja o outro, apenas ajudar.

Como denunciar um terreiro de Umbanda?

Todo terreiro que é aberto, é aberto como se fosse uma empresa, com presidente, vice, secretárias, enfim e tem um órgão que nos regulamenta.

A Federação Brasileira de Umbanda, basta ir até lá e denunciar pelo atendimento, pelas condições ou pelas obrigações. Portanto, basta denunciar pelo que você acha que não está correto.

O PROCON também aceita denúncias, mas acredito que apenas por trabalhos que foram cobrados e não tiveram o efeito que o consulente esperava. Neste caso o processo é aberto para a devolução do dinheiro.

Qualquer pessoa pode visitar o centro/terreiro?

Um dos nossos leitores perguntou-nos se qualquer pessoa pode visitar este lugar sagrado. Fique sabendo que não existem qualquer tipo de limitações de entrada.

Isto significa que qualquer um pode entrar, desde que tenha fé e desde que vá para ajudar a promover a paz. Neste caso, todos podem entrar, mas precisam merecer estar lá dentro.

É óbvio que não se deve entrar se se trabalhar com forças do mal ou se estiver promovendo magias negras, por exemplo.

Qualquer um pode entrar, mas precisa ter consciência que aquele lugar é do bem, da paz e harmonia. Então, sinta-se à vontade para visitar um terreiro.

Todo o mundo vai ajudar você da melhor maneira e todos vão tentar resolver os seus problemas. E nunca se esqueça, nunca lhe vão cobrar nada por isso!

As verdades que ninguém lhe conta!

Para se ter um terreiro de Umbanda é preciso ser muito responsável, ter muito conhecimento, ter fundamento, gostar de ajudar o outro e ter muita paciência para ensinar os filhos que virão.

Engane-se quem acha que basta ter um local, algumas imagens e saber cantar alguns pontos. Sempre que um terreiro de Umbanda se abre aqui na terra, ele já está aberto no plano espiritual, e isto quer dizer que ele será atacado por muitas forças do mal, que não querem ver mais um local de amor e paz se abrindo para ajudar as pessoas.

E se o dirigente da casa não for firme, não tiver seus assentamos e firmezas, sua casa poderá sofrer ataques espirituais e com isto a corrente pode enfraquecer até a casa se fechar.

Não basta gostar da Umbanda e ser médium de incorporação, para se ter um terreiro de Umbanda é preciso muito mais! É preciso estudar sempre, promover giras de desenvolvimento para os filhos, e favorecer a compreensão dos consulentes, que acreditam que a Umbanda faz milagre.

Que basta acender uma vela ou oferecer um prato que as coisas iram se resolver, é preciso doutrina-los a reforma intima, a melhorar seus pensamentos para que eles possam atrair apenas coisas boas, as ruins vão vir isto é fato, mas quando estamos fortalecidos nem percebemos.

Abrir um terreiro de Umbanda requer muita responsabilidade, dedicação e perseverança, pois coisas ruins vão acontecer, assim como as boas, e precisamos acreditar no que fazemos para continuarmos,

Salve a Umbanda!

Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Experimente todos os nossos oráculos online grátis.

 Jogo de Búzios

 Tarot dos Orixás

 Runas do Amor

 Tarot: Bola de Cristal