Ogum de Ronda

Início » Ogum de Ronda

Conhece todas as qualidades de Ogum de Ronda?

Ou pretende saber o seu ponto, a sua história e todas as suas características mais marcantes?

Seja o que for que procura, temos neste mesmo artigo.

Vamos revelar tudo aquilo que pouca gente sabe sobre esta poderosa entidade.

A sua imagem ainda é pouco conhecida, mas isso vai mudar a partir de agora…

Temos informações de grande valor para mostrar para você.

Começamos abaixo com a sua incrível história no mundo da Umbanda.

História de Ogum de Ronda na Umbanda

Na verdade, existe uma lenda que fala que ele é meio homem e meio divindade.

Não creio nesta lenda por isto não vou conta-la.

Todos os Oguns, na verdade são falangeiros de nosso Pai Ogum e todos respondem ao mesmo Orixá.

Ogum, na maioria encontramos algumas misturas de Orixás e dos próprios Oguns que trabalham juntos.

Que o caso do nosso Ogum de Ronda, ele trabalha diretamente com Ogum Megê, aquele que falamos em outro artigo e que comanda a calunga pequena, cemitério.

Ele corre sua ronda a meia noite e anda por todas as estradas, caminhos e encruzilhadas.

Quando ainda se faziam entregas nas encruzilhadas, e algumas ainda precisam serem feitas, quem recebe é ele e não os quiumbas.

Imagem de Ogum de Ronda
Imagem de Ogum de Ronda

Isso pois já aprendemos que Exus de Lei não recebem nada em encruzilhadas, eles recebem onde querem receber!

Que pode ser no cemitério, nas matas, na praia, na linha de ferro ( trem), enfim… Já sabemos que hoje quem recebe oferendas nas encruzilhadas com exceção de alguns que são pedidos, são os quiumbas.

Ogum é guerreiro, domina o metal como ninguém, defende seus filhos com o seu sangue, protege a todos de forma indiscriminada, mas cobra os seus quando for preciso!

Esta é a característica de todos os Oguns, porém, por haver falangeiros, poderemos encontras algumas pequenas diferenças, entre instrumentos de trabalho, vestimenta e campo de atuação.

Sabemos que Megê e o Ogum de Ronda, trabalham em cemitérios e estradas, e que nenhum Exu sai do campo de atuação do cemitério ou das encruzilhadas, sem a autorização dos Oguns Megê e Ronda.

Dia da semana, cores & guia

guia de umbanda

Existem pequenas informações que fazem toda a diferença para conhecermos melhor as entidades.

Algumas delas são os dias da semana, o de comemoração e até mesmo a cor da guia.

Deixamos abaixo todos esses detalhes sobre esta poderosa entidade.

  • Dia da semana: terça-feira 
  • Dia de comemoração: 23 de abril
  • Cores: vermelho e branco
  • Sua guia: contas vermelhas
  • Usa espada em sua maioria, capa vermelha.

Suas cores, preto, vermelho e verde, geralmente traz uma cruz de malta no peito.

Este Ogum em particular trabalha diretamente com os Exus e as almas.

Também conhecido como Naruê, que está ligado a uma corrente espiritual de almas que quando encarnados eram ou foram escravos.

Por esta razão de trabalhar com as almas e os Exus, na Umbanda falamos que ele trabalha tanto no polo positivo, quanto no negativo, e isto, por favor que fique claro, Ogum de Ronda não trabalha para o mal.

Enquanto em uma casa de Umbanda os Exus guardam as porteiras, ele, guarda os trabalhadores da casa, os consulentes, as incorporações, e os processos de desobsessões.

Características de Ogum de Ronda

Características e qualidades de Ronda

Existem várias características e qualidades a destacar.

A maior delas é o facto de ter imensa força para combater tudo e todos.

Combate os magos negros, os feiticeiros com muita severidade, cruza na quimbanda com a linha das almas, que não são os Pretos Velhos da Umbanda.

Ele simplesmente nunca desiste de lutar…

Faz tudo aquilo que precisa ser feito para alcançar os seus objetivos e para ajudar as pessoas.

Nunca deixa ninguém de lado… Independentemente da sua raça ou etnia.

Ajuda verdadeiramente aqueles que precisam de ajuda e nunca vira as costas a ninguém.

Tal como todos, gosta de tirar alguns momentos para relaxar e para se divertir.

É sério, conversador e fixo nas suas ideias.

Quando ateima numa coisa ela precisa simplesmente ser feita… Custe o que custar!

Recebe suas oferendas em cemitérios, nas calçadas ao redor da calunga, ou nas Macayas, que são as matas.

Como vimos, no caso de Ogum de Ronda, ele trabalha nos dois polos.

Como disse antes, apesar de todos serem de Ogum e falangeiros Dele, cada um tem sua forma de trabalhar que foi dada pelo próprio Pai Ogum.

Cuida das estradas, ruas, caminhos e encruzilhadas, são seus pontos de força.

Protege todos aqueles que realmente necessitam e é sem dúvida uma entidade cheia de qualidades!

Oferendas

Não faça nenhuma oferenda sem que ela tenha sido pedida por algum Orixá ou entidade.

Cada entidade tem suas preferências e materiais específicos, além de seus locais de entrega que vimos podem ser vários.

Mas neste artigo vou ensinar uma simpatia simples…

Mas ela só vale se for feita com dedicação e nenhuma intenção de mal para uma outra pessoa.

Simpatia para livrar-se do mal

Esta simpatia vai servir como oferenda.

É das mais conhecidas e das mais poderosas, por isso recomendamos que faça ela.

Ogum sempre será um escudo a lhe proteger de todo mal, a simpatia nada mais é do que procurar manter em você segurança e paz.

Você vai precisar de:

  • 1 pano azul marinho (aqui a cor é do cambomble)
  • 1 folha de louro, não pode ser seco e sim fresco
  • 1 galho de guiné, não pode ser seco, tem que ser fresco
  • 1 pequena espada de metal, pequena mesmo
  • 1 galho de arruda, também fresca
  • 1 cravo da índia
  • 1 pedrinha de sal grosso
  • 1 pedaço de alho poró, pode ser alho normal
  • 1 grão de café

Modo de fazer, isto é um patuá:

Coloque tudo dento do pano azul, e enquanto coloca e costura, vai pedindo a pai Ogum que lhe afaste de todo o mal, que nada de ruim aconteça com você, que Ele lhe livre de todo e qualquer mal.

Carregue sempre com você, se precisar de mais força pegue o patuá e aperte próximo ao coração.

Não deseje o mal de ninguém, não diga o nome de ninguém para Ogum afastar, Ele sabe quem deve retirar do seu caminho.

Aliás qualquer coisa que for fazer para você, nunca peça pelo seu bem e pelo mal do outro, isto não funciona e volta contra você, a Lei maior não permite que seja feito o mal, mesmo para aquele que achamos que merece.

Ponto de Ogum de Ronda

Todo mundo adora um bom ponto cantado e riscado.

Tendo em conta todas as qualidades de Ogum de Ronda, todos queremos cantar a ele com muita força.

Temos o ponto cantado e riscado logo de seguida.

Auê Ogum Auê Auê Ogum Saravá (2x)

Pisa na linha de Umbanda que eu quero ver Ogum de Ronda Pisa na linha de Umbanda que eu quero ver Ogum quebra mironga (2x)

Auê Ogum Auê Auê Ogum Saravá (2x)

Pisa na linha de Umbanda que eu quero ver Ogum de Ronda Pisa na linha de Umbanda que eu quero ver Ogum quebra mironga (2x)

Saudação a Ogum

Todo mundo adora uma boa saudação às diferentes entidades.

Saudar é como cumprimentar, por isso deve realizar a saudação antes de abordar outros assuntos.

Ogum ieé Meu Pai ou ainda Ogunhê meu Pai, que quer dizer Salve Ogum Cabeça Coroada.

Quando quem vai baixar no terreiro é Ogum de Ronda, podemos dizer Ogunhê meu Pai, Salve Sr. Ogum.

Por ser falangeiro não existe uma saudação em especial para Ronda.

Usamos a mesma para o nosso Pai Ogum, mas como disse podemos para homenagear, dizer seu nome após a saudação normal, que diga-se de passagem, é o que mais acontece.

Salve Meu Pai Ogum… Salve Ogum de Ronda…. Ogunhê  Meu Pai

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Experimente todos os nossos oráculos online grátis.

 Jogo de Búzios

 Tarot dos Orixás

 Runas do Amor

 Tarot: Bola de Cristal