Exu Veludo | Sua Companheira & Características

Início » Exu Veludo | Sua Companheira & Características

Uma entidade muito conhecida no mundo da Umbanda é o Exu Veludo.

Ele pertence à linha das encruzilhadas, mas também trabalha com alguns médiuns do Candomblé.

Ele é muito solicitado para abrir caminhos e limpar trabalhos negativos feitos nos cemitérios, ou em qualquer outro local.

Este é um espírito ligado ao desenlace carnal, à morte, à limpeza espiritual e à proteção de locais.

Suas oferendas favoritas são whiskey e charutos, pois ele é uma entidade muito refinada.

Tem como uma grande característica usar um turbante na cabeça e tecidos de veludo trazidos do Oriente, justamente por isso ele recebeu seu nome de “veludo”.

Além disso, ele possui muitos conhecimentos sobre feitiçaria e magia.

Quem é Exu Veludo?

Quem é Exu Veludo?

Imagem de ilustração

É um sedutor nato através de seu comportamento e possui um magnetismo natural.

Ele tem o poder do magnetismo das flores, da água e está sempre se energizando nas margens dos rios.

Ele incentiva todos os médiuns que auxilia a buscar conhecer os oráculos, estudar e escrever sobre a magia, além de defender a ancestralidade.

Ele é um forte protetor dos tarólogos, astrólogos, escritores de Umbanda, consultores de búzios e sacerdotes de Ifá. 

Se você gostaria de entender um pouco mais sobre a história dessa querida entidade da Umbanda, além de saber qual é a sua oração, suas oferendas, características de seus filhos, quem é sua parceira e outras informações importantes sobre o Exu Veludo, continue lendo todo o texto e descubra mais sobre esse poderoso ser. 

História do Exu Veludo

História | Ilustração

Ilustração

Existem muitas histórias sobre a origem deste Exu.

Uma das principais é que a sua origem vem das costas orientais da África.

Ele era um swahili (negro arabizado) e usava um turbante na cabeça, além de lindos tecidos de veludo trazidos do Oriente.

Por conta de sua luxuosa forma de se vestir, ao estilo muçulmano, alguns confundem ele com um cigano. 

Outra famosa versão da origem do Exu Veludo é que ele era um homem alto, moreno, nobre que viveu na Inglaterra no século XVI.

Ele viveu entre a nobreza da época e tratava dos negócios do Rei como jurista e cobrador de impostos.

Sempre viveu com muito luxo e elegância, era um homem fino e com gostos refinados.

Ao falar, possuía uma voz firme e aveludada, e justamente por ter a sua voz aveludada que possivelmente atribuíram a ele o nome de Veludo.

Outros Nomes dados a este Exu

Além do nome Exu Veludo, existem outras variações conhecidas para essa poderosa entidade:

  • Exu Veludo da Meia Noite;
  • ” ” ” Cigano;
  • ” ” ” 7 Encruzilhadas;
  • ” ” ” Menino (Veludinho);
  • ” ” ” dos 7 Cruzeiros;
  • ” ” ” das Almas;
  • ” ” ” dos Infernos;
  • ” ” ” da Kalunga;
  • ” ” ” da Praia;
  • ” ” ” do Oriente;
  • ” ” ” Sigatana;
  • ” ” ” do Lixo.

Esses são todos os nomes pelos quais ele é conhecido. Existem mais algumas variações, mas acima mencionamos a mais importantes.

Exu Veludo e sua companheira

Pomba gira, a companheira

Ilustração de Pomba Gira

A companheira do Veludo é conhecida como Rainha Maria Padilha das 7 Encruzilhadas.

Seu nome tem como significado “Rainha do Fogo”.

Ela já teve várias encarnações na Terra, e sua última foi em Ilhéus na Bahia.

Em sua última encarnação, ela foi uma espanhola que veio morar no Brasil, na cidade de Ilhéus e teve sua vida interrompida na porta de um cabaré.

Todos os homens que ela se relacionou, em cada uma das encarnações (sendo um total de 7), estão com ela na espiritualidade.

Essa entidade se apresenta como uma bela mulher, com longos cabelos negros, pele morena (podendo ser mais clara ou mais escura, dependendo da ocasião), e sua idade e físico variam também de acordo com o tipo de caminho ou passagem desta Pomba Gira.

Ela gosta de luxo, sedução, de homens, de dinheiro, jóias, uma vida com conforto, jogos de azar, festas e música.

Além disso, ela é uma ótima bailarina, cujos movimentos podem incluir passos das ciganas em determinados momentos, mexendo sensualmente seus braços, como quem desfruta plenamente de seduzir com o corpo em movimento.

A Rainha Maria Padilha das 7 Encruzilhadas possui uma característica orgulhosa, majestosa e destemida. 

Uma de suas especialidades e é atrair amantes para quem pede auxílio à ela, além de abrir os caminhos e amarrar parceiros.

Ela é também muito temida por sua frieza e seu implacável poder na questão de demandas.

Características dos filhos do Exu Veludo

Os seus filhos, e isso inclui os filhos do Exu Veludo, são muito dados às paixões e conquistas.

São enérgicos, alegres, brincalhões, atraentes, carismáticos e sabem retribuir favores e dores.

São muito requisitados para casos de paixões e conquistas. 

Embora não não sejam tão belos como os filhos de Oxum, os filhos de Exu são entidades magnéticas e possuem boa comunicação e a capacidade de tranquilizar ou instalar a guerra, de acordo com o que pede cada a situação, mas principalmente, de acordo com o que lhes é feito.

A reciprocidade tornam os filhos de Exu entidades difíceis de lidar, pois se for ferido, irá ferir, mas se for amado, irá amar.

Ponto riscado e cantado

Sabemos como é importante ter um bom ponto riscado.

Neste caso encontramos um cantado no Youtube muito bonito e logo abaixo temos a letra também escrita.

Assista ao vídeo e ouça, acredite que é mesmo muito maravilhoso!

“Exu Veludo
Exu veludo seu cabrito deu um berro
Arrebentou cerca de arame, estourou portão de ferro
Comigo ninguém pode
Mas eu posso com tudo
Na minha encruzilhada
Eu me chamo Exu Veludo.”

Oração ao Exu Veludo

A oração do Exu Veludo é poderosa e pode te ajudar a abrir caminhos e tirar todas as energias negativas de sua vida.

Se você gostaria de pedir ajuda e suporte deste Exu, leia a seguinte oração em voz alta: 

“Meu amigo, meu enigma, minha curiosidade!
Por vezes estamos num diálogo amistoso de verdadeiras descobertas; entretanto, um de nós é perdedor – eu.
Cavaleiro imperioso e requintado, te apresentas aos meus olhos, alegre, forte, másculo, com sorriso franco, sarcástico e, por vezes, com uma irônica maldade, rápida e sagaz.

Desvendas as misteriosas cortinas do mundo; és atuante em todas as situações. Tiras de mim a inércia, o desânimo, e fazes com que eu veja o mundo, aqui deste lado da Terra, bem melhor.
Na presença de tua vibração, escuto as melodias tangerem até mesmo as cordas do meu coração; dás-me a energia para a luta e envolves-me em tua capa contra os perigosos inimigos. Com teu sabre, agilmente cortas os empecilhos; com tua sabedoria, ceifas minha ingenuidade.

Saravá, Exu Veludo!
Axé, Mojubá Exú de Umbanda!”

Apenas precisa orar ela uma vez, acredite que é mais do que suficiente para obter a sua ajuda.

Oferenda para o Exu Veludo

Uma oferenda é uma espécie de presente.

Devemos realizar ela quando queremos agradar uma determinada entidade, seja da Umbanda ou de outra religião.

Neste caso temos de encontrar coisas que esta entidade gosta e deixar elas no local adequado.

Se você gostaria de fazer uma oferenda a este Exu para ele retirar karma, fazer limpeza espiritual, afastar feitiços e energias negativas, basta seguir o passo-a-passo abaixo.

Materiais para oferenda

Materiais para oferenda

Materiais e preparação:

Vai precisar de alguns materiais simples, reúna todos eles.

  • Um pedaço de veludo roxo;
  • Uma folha de mamona roxa;
  • Uma farofa bem feita com alho roxo, cebola roxa e cominho;
  • Bifes de carne bovina em tiras ou quadradinhos, temperados com dendê e cebola roxa picada;
  • Uma garrafa de Vodka, Gin ou Whiskey;
  • Charuto;
  • Uma vela branca, uma vela preta e uma vela roxa.

Primeiro, você deve passar pelo seu corpo o pedaço de veludo roxo.

Feito isso, coloque ele na terra em tiras, fazendo uma cruz com elas para simbolizar os quatro cantos do mundo.

Se quiser, pode cortar o veludo em mais tiras: sete tiras se for uma mulher e nove tiras se for um homem.

Enquanto coloca as tiras na terra, faça os pedidos do que gostaria de transformar e melhorar em sua vida. 

Feito isso, coloque a folha de mamona roxa com a farofa já temperada.

Por cima da farofa, coloque a carne passada no fogo com dendê e os temperos.

Acenda as velas em forma de triângulo, no leste (o seu lado direito) a vela branca, no oeste a vela preta, e à sua frente atrás da oferenda, a vela roxa.

Posteriormente, acenda o charuto e faça um sinal de triângulo com a fumaça do charuto, mentalizando uma pirâmide de luz violeta, que desce e irradia a oferenda. 

Depois, pronuncie as seguintes palavras:

“Que a vela branca seja a luz de Deus que ilumina o mundo; que a vela preta seja a sua luz interior que mesmo em trevas que reinam este mundo buscam se iluminar, e pela transformação da luz aos que ainda não a enxergam; e que a vela roxa seja a luz que desce e irradia toda a egrégora e que atrai a saúde, transformação e espíritos de consciência elevada que auxiliam os seres humanos na busca pela felicidade. Para que andem no equilíbrio e encontrem a felicidade.”

Por último, coloque na oferenda a bebida alcóolica que você escolheu, mentalizando os pedidos e jogando no ar, pedindo aos ventos que rodam os quatro cantos do mundo para que espalhem os seus pedidos.

Feito isso, basta esperar pois ele irá proteger seus caminhos e tirar qualquer tipo de energia negativa, limpando a sua vida e clareando a sua mente.

Conclusão

O mundo da Umbanda é muito completo e repleto de boas entidades.

Basta a gente escolher a certa para nos ajudar nas nossas vidas.

Recorde-se que Exu Veludo vai ajudar você contra todos os males e contra todas as más energias que a/o estejam impedindo de ser feliz.

Caso esteja procurando ajuda noutros meios pode ainda conhecer Exu Tiriri e Exu Capa Preta.

Se ainda restarem dúvidas em relação a esta poderosa entidade basta comentar abaixo.

Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *